Paulo Horn

Paulo Horn

Presidente da Associação dos Antigos Alunos / Alumni – FND

Chanceler da Comenda da Resistência Cidadã

É um axioma: devemos quase tudo que somos à FND. Mesmo que os ventos da existência tenham nos levado para os campos do além ou do aquém do Direito, pelo menos um sentimento de felicidade trouxemos de nossos tempos de estudantes. Para muitos a Faculdade foi dura, pois os tempos e a própria vida foi e é assim, mas, com certeza, todos nos orgulhamos de termos pertencido à gloriosa Faculdade Nacional de Direito.Devemos, portanto, muito à FND. Exceto o Paulo Horn. Outro axioma: A FND deve tanto a Paulo Horn quanto Paulo Horn deve à FND. Estão empatados. De fato, foi uma sorte para toda a comunidade dos antigos e novos alunos o aparecimento do Paulo Horn. Grande administrador, com muita experiência, hábil político, suave e terno, mas firme quando precisa ser, o Paulo

ressuscitou a nossa Alumni e em poucos meses já conseguiu com seus aliados(desconheço que tenha inimigos) muitas conquistas. Registrou a Alumni, buscou recursos, realizou assembléias, aproximou-se da Direção e da Congregação da Faculdade, colabora com elas, acertou uma parceria com a Fundação Oscar Araripe para a realização da Festa Nacional da Liberdade, criou com esta uma Chancelaria para homenagear e agraciar com o Diploma e a Medalha da Comenda da Resistência Cidadã a várias personalidades, inclusive algumas in memoriam, isto num país avaro em prêmios verdadeiros, e tem conseguido ajudar fisicamente a FND em algumas importantes benfeitorias. Outras mais estão em pauta. É ampla a pauta da nossa Alumni para 2016! Temos apoiado e incentivado depoimentos que construam a memória da FND. Antigos alunos mais desapegados têm sido conclamados a ajudar fisicamente e intelectualmente a FND. Paulo sabe se cercar de gente de valor e caráter solidário. Alguns já estão ajudando, quebrando esta mania brasileira que acha que tudo tem que ser feito pelo Estado. Por dentro, a FND já está quase um brinco. Por fora ainda está toda pichada, mas por dentro, repito, está quase nota 10. Biblioteca linda, com segurança eletrônica, sala de apoio jurídico informatizada, salas de aulas menores, diretoria e Salão Nobre com móveis restaurados. Hoje a FND tem uma boa direção eficiente e uma Alumni que a ajuda.

Pois é, este é “o cara”. Um cara e tanto e de muitas faces. Diretor do CACO por três mandatos, Paulo Horn foi Diretor, entre outras importantes empresas, a Casa França-Brasil, umas das mais respeitadas instituições culturais do país, o que não é pouca coisa.
Eis algumas das suas conquistas:

Gaúcho de Porto Alegre, formado em 1990 pela Faculdade Nacional de Direito - FND, atual Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ, participou do movimento estudantil, integrando a juventude socialista do PDT. Após colaborar com as gestões Phoenix e Pró-Seguir foi eleito diretor do Centro Acadêmico Cândido de Oliveira - CACO, na gestão MESMO QUE UNS NÃO QUEIRAM (1987/88) e Coordenador na direção colegiada do CACO-LIVRE (1988/89).

Participou do Fora Aureliano, Fora Atamir, da organização do X Encontro Nacional dos Estudantes de Direito, do I Congresso Interno da FND, I Encontro da Juventude Socialista do PDT e da preparação do I Concurso Público para professor titular da Faculdade de Direito - UFRJ.

Designado pelo CACO em 1988 e eleito pelo corpo discente em 1989 como representante na Congregação. 

Bolsista de Iniciação artística e cultural - Projeto CACOFONIA (Integração dos alunos da UFRJ através da música), Bolsista de extensão universitária na comunidade da Maré e Monitor de Dir. Penal - Prof. Antônio Vicente da Costa.

Membro do Lions Clube Tijuca, Sócio Fundador do Clube de Castores da Tijuca.

Membro do IAB.

Pós-graduado em Direito do Consumidor pela EMERJ/UNESA e Direito Constitucional, Administrativo e Tributário. 

Foi Advogado da RIOTUR, Diretor da Fundação Casa França-Brasil, Diretor da Secretaria de Estado de Turismo.

Ex-Presidente do Conselho Fiscal da TurisRio.

Ex-Assessor Chefe da Assessoria Jurídica da Loteria do Estado do Rio de Janeiro – LOTERJ

Sócio Fundador do escritório Horn & Haydt Advogados Associados, Pesquisador do observatório de Direito Eleitoral da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ, Em 2015 está comemorando 25 anos de advocacia.

Atualmente é Diretor da Loteria do Estado do Rio de Janeiro, Presidente da Associação dos Antigos Alunos de Direito da UFRJ - ALUMNI FND e Chanceler da Comenda RESISTÊNCIA CIDADÃ.