João Gomes

Embaixador João Gomes Cravinho 

Jovem e jovial, alegre, muito inteligente e bem intencionado, o ex- Ministro de Estado de Portugal e ex-Embaixador da Comunidade Européia na Índia, João Gomes Cravinho, acaba de ser nomeado Embaixador da Comunidade Européia no Brasil.

Num agradável jantar informal, reunindo nossas esposas e filhos, tivemos a oportunidade de conversar um pouco sobre um dos projetos mais caros à nossa Associação de Antigos Alunos da FND, intitulado Nossas Desculpas, e que tem por objetivo alcançar uma maior compreensão das relações Brasil/Portugal no período colonial. Diferente do atual período republicano, em que vivemos excelentes relações diplomáticas, o Colonial e o Imperial estão repletos de conflitos históricos, que objetivamos mutuamente amenizar e superar. 

Em recente entrevista aos jornalistas brasileiros, o Embaixador Cravinho assim se expressou: 

“Este é um momento para ter ambição, um momento em que importa ser ousado, porque é isso que pode criar uma dinâmica positiva. Ofertas pouco ambiciosas serão desencorajantes”.

Nossa Alumni acredita não só ser necessária a melhoria e superação histórica destes conflitos coloniais – principalmente a condenação de Tiradentes e a expulsão da Família Real -, como acredita que o projeto Nossas Desculpas tenha a grandeza e a beleza das nossas pátrias.

De modo que parabenizamos a nomeação do Embaixador João Cravinho e desejamos um grande sucesso na sua gestão. Será muito reconfortante trabalharmos em comissões brasileiras e portuguesas, abrangendo principalmente os campos do Direito e da História -, e tendo as Nossas Desculpas como objeto de estudo, pesquisa e meta.
A indicação do Embaixador Cravinho para receber a Medalha da Comenda da Resistência Cidadã se justifica por tudo que é como pessoa e por seu extraordinário e brilhante currículo profissional, a saber:

João Gomes Cravinho - 16 de junho de 1964 ...

Nacionalidade Portuguesa

EDUCAÇÃO:

1991-1995 - Doutorado: D.Phil, o Colégio de S. António, Universidade de Oxford.

Título da tese: Modernizar Moçambique: Ideologia Frelimo e do Estado Frelimo.

1986-1987 - Mestrado: M.Sc. (Econ), London School of Economics.

Curso: Política da economia mundial.

1983-1986 - Bacharel: Bacharel (Econ), London School of Economics.


Curso: Relações Internacionais.

Educação secundária

1980-1982 - International Baccalaureate, United World College of the Atlantic.

CARREIRA:
2015 – Nomeado Embaixador da Comunidade Européia no Brasil.

Março 2005 - Junho de 2011 - Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, do Governo de Portugal.

1995-2005 - Professor de Relações Internacionais da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, Portugal.

2001-2002 - Presidente do Instituto da Cooperação Portuguesa [Instituto Português de
Assistência ao Desenvolvimento], Ministério dos Negócios Estrangeiros, Lisboa.

2000 - Visiting Fellow do Departamento de Governo da Universidade de Georgetown,
Washington DC.

1999-2000 - Assessor do Secretário de Estado dos Assuntos Internacionais e Cooperação,
Ministério dos Negócios Estrangeiros, Lisboa.
1997-1999 - Research Associate, Instituto da Defesa Nacional [Instituto da Defesa Nacional], Lisboa.

1997-1999 - Palestrante Convidado da Faculdade de Direito da Universidade Nova, em Lisboa.

1996-1999 - Palestrante Convidado, Estudos Africanos, Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa (ISCTE), em Lisboa.

1995-1996 - Research Associate, Instituto de Estudos Estratégicos e Internacionais
[Instituto de Estudos Internacionais e Estratégicos], em Lisboa.

CONSULTORIAS
2004 - International Consultant Capacitação para o Banco Mundial em Timor Leste,
para um Programa de Capacitação Gestão Financeira (agosto-setembro).
João Gomes Cravinho foi nomeado pelo AR / VP em 3 de agosto de 2011 como Chefe Delegação da EU.

2004 - Membro da Missão de Revisão do Conjunto dos Doadores para o Setor da Saúde
Reabilitação e Programa de Desenvolvimento para Timor Leste (Abril),representando a Fundação Gulbenkian.

2.004 - Consultor principal para a Comissão Europeia para a revisão do
Documento de Estratégia Nacional do 9º FED para a República do Congo (Janeiro-Março).

2004 - Membro do painel de avaliação sobre "Governança Global, Regulatory
Frameworks e do papel da UE "para propostas de pesquisa para o Comunidade Européia 6 numa Sociedade do Conhecimento.

2003 - Membro do painel de avaliação sobre "Resolução de conflitos e pós-conflito.

Reconstrução "para propostas de investigação para a Comunidade Europeia 6º Programa-Quadro, os Cidadãos e a governança numa base Knowledge -Society.
2002-2005 - Connsultor da Fundação Calouste Gulbenkian em reestruturação e
implementação do programa de assistência ao desenvolvimento da Fundação.

2002 - Autor do relatório intitulado A Reforma da Cooperação Portuguesa
[Reforma da Assistência ao Desenvolvimento Português].

1999 - Presidente do Comitê Interministerial para projetar assistência ao desenvolvimento português a Timor Leste diante da nova situação política de 1999.

1996 - Relatório da Comissão Européia sobre uma estratégia para a segurança alimentar
Moçambique (em equipe), incluindo seis semanas de trabalho de campo em Moçambique.